Devido ao bloqueio atmosférico, o ar seco ganha cada vez mais força e já tem cidade com mais de 200 dias sem chuva agrícola; veja a previsão

O tempo seco em regiões produtoras de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e região norte de Goiás deve persistir até o fim de setembro. De acordo com a meteorologia, as frentes frias registradas no Sul do país não terão força para avançar para outras regiões.

“Devido ao bloqueio atmosférico, o ar seco ganha cada vez mais força. Por isso, algumas localidades estão há 200 dias sem chuva agrícola”, destaca Desirée Brandt, meteorologista da Somar Meteorologia. Segundo ela, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e norte de Goiás não deve ocorrer chuva até 18 de setembro.

Para as regiões de São Gabriel D’oeste (MS) e Palmeira D’Oeste, os índices maiores de chuvas deverão ocorrer apenas na segunda quinzena de outubro, somando 155 mm e 166 mm, respectivamente. Já em José Bonifácio (SP), o volume deve chegar em 166 mm.

Frio deve aumentar no Sul

Para a Região Sul, a expectativa é de que as temperaturas sigam mais baixas nesta semana. Em Passo Fundo (RS), os termômetros devem marcar mínima de 7 °C até o fim desta semana. Para o dia 25 de setembro, a mínima prevista é de 4 °C. “Não é uma temperatura que neste momento represente risco de geadas, mas é uma previsão que merece atenção por parte dos produtores”, alerta Desirre Brandt

Canal Rural

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here