Neste ano, até 27 de junho, foram confirmados 5.642 casos de sarampo em 21 estados.

Assim como a covid-19, o sarampo é uma doença grave e de alta transmissibilidade. Uma pessoa infectada pode transmitir para até outras 18 pessoas. Entretanto, diferente do novo coronavírus, o sarampo possui uma vacina de prevenção chamada tríplice viral, que é disponibilizada gratuitamente em todas as unidades básicas de saúde.

O Ministério da Saúde tem alertado a população quanto à importância da vacinação contra o sarampo, mesmo com a pandemia da Covid-19 em evidência no país. A disseminação do vírus do sarampo também ocorre por via aérea ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Neste caso, não é necessário o contato direto porque o vírus pode se disseminar pelo ar a metros de distância da pessoa infectada.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, neste ano, até 27 de junho, foram confirmados 5.642 casos de sarampo em 21 estados.

A farmacêutica, Marinette Borges da Silva destaca a importância de manter a carteira de vacinação atualizada para prevenir surtos de doenças fatais e evitar que outras já erradicadas voltem a fazer vítimas.

“A população precisa entender que todos precisam de vacina. Entre dois e três milhões de mortes são evitadas por ano graças a imunização. Precisamos alertar os adultos, porque eles se preocupam em proteger somente as crianças. Vacina é para todos e o brasileiro precisa mudar esse pensamento”, destaca a farmacêutica.

Olhar Direto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here