No mês de março, a cada 23 minutos, em média, uma pessoa perdeu a vida vítima da Covid-19 em Mato Grosso. O mês termina como o pior da história da pandemia no Estado, com um aumento de 54% no número de óbitos em relação a julho de 2020, que até então figurava como o período mais trágico da crise sanitária. Número de casos também foi o maior, com crescimento de 47,9% em relação ao pico da primeira onda, em agosto de 2020.

Nesta quarta-feira (31), março atingiu sozinho o número de 1.869 mortes, o que representa um aumento de 54% em relação a julho de 2020, que registrou 1213 mortes. Em relação ao número de casos, o número registrado foi de 59.448, uma elevação de 47,9% comparado ao recorde de agosto do ano passado. Os dados constam de levantamento feito pelo site Olhar Direto a partir dos números publicados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

O mês é o quinto consecutivo em que as mortes registradas mensalmente seguem em ritmo crescente. Desde novembro de 2020, quando 289 mortes haviam sido notificadas, Mato Grosso segue curva crescente e acentuada. Apenas os números do período compreendido entre janeiro e março deste ano (3.155 óbitos), equivale a cerca de 67% do valor registrado durante todo o ano de 2020 no estado (4.520 óbitos).
https://flo.uri.sh/visualisation/5741725/embed

Autor: Olhar Direto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here