Adriano Piveta - Prefeito de Nova Mutum

A partir da próxima sexta-feira (19), Nova Mutum terá toque de recolher. A decisão foi tomada após reunião do comitê de enfrentamento ao novo coronavírus que aconteceu nesta segunda-feira. A medida vale por 15 dias e proíbe a circulação de pessoas e funcionamento de qualquer tipo de atividade das 21h às 5h, com exceção das funções consideradas essenciais como farmácias, indústrias de alimentos e segurança.

A assessoria da prefeitura informou que a postura mais rígida adotada pelo comitê é uma resposta aos crescentes casos de covid-19 em Nova Mutum, e tem como objetivo frear a contaminação pelo novo coronavírus. O município já teve quatro mortes e mais de 130 casos confirmados.

Durante o anúncio das medidas o prefeito Adriano Xavier Pivetta se mostrou indignado com a falta de compromisso com parte da população que insiste em desrespeitar as determinações impostas sobre o distanciamento social. “O que temos visto nos últimos dias foi uma grande falta de respeito. As pessoas estão brincando com essa situação que é muito grave. A quantidade de festinhas clandestinas, eventos familiares com grande número de pessoas é alarmante. Ou paramos e damos um basta ou teremos que fechar tudo”.

Adriano Pivetta afirmou ainda que o intuito é evitar um menor impacto possível nas atividades econômicas do município. “Nosso comércio segue funcionando 100%, entendemos que cada empresário está fazendo sua parte, o comércio tem se comportado bem, porém, precisamos evitar e acabar com as aglomerações”. Explica.

O comandante regional da Policia Militar, coronel Claudio Fernando, afirmou que o plano do toque de recolher terá uma atuação com maior rigidez na fiscalização por parte do município em conjunto com as forças de segurança. “Estaremos disponibilizando equipes em conjunto com a fiscalização municipal no combate a essas aglomerações que vem acontecendo no município, estaremos fiscalizando esses locais e agindo conforme a lei determina. Sobre o toque de recolher somente pessoas que necessitem dos serviços essenciais estarão autorizadas, fora isso, não permitiremos nenhum tipo de aglomeração de pessoas”.

Conforme o promotor de justiça, Henrique de Carvalho Pugliese, Nova Mutum passa pelo momento mais importante de sua história. Ele afirmou que espera uma resposta positiva durante o toque de recolher para que medidas mais drásticas sejam evitadas. “O Ministério Público não faz parte do comitê, mas acompanha as ações e agora é o momento que a cidade precisa mostrar seu valor. Se essa medida de evitar aglomeração que se inicia na sexta-feira com o toque de recolher não der certo, inevitavelmente iremos para um patamar em que muitos empregos serão sacrificados porque a economia será parada”.

De acordo com a assessoria, o decreto com todas as medidas definidas pelo comitê será publicado nesta terça-feira.

Em Sorriso o pefeito Ari Lafin (PSDB) determinou hoje novas medidas restritivas para evitar propagação do novo Coronavírus (Covid-19). Uma delas, é o toque de recolher com previsão para começar a partir da próxima quarta-feira, entre as 22h e 5h.

Só Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here