A família do menino desaparecido há 30 dias, faz apelo nas redes sociais para encontrar o parente de 10 anos que sumiu após sair para brincar no distrito de Entre Rios, no município de Nova Ubiratã.

O garoto desapareceu no dia 15 de dezembro, logo após sair da sua residência com destino a casa do irmão que reside na mesma comunidade.

De acordo com o delegado da Policia Civil de Nova Ubiratã, Nilson Farias, muitos mistérios rondam o caso, já que a família só registrou o boletim de ocorrência referente ao desaparecimento 4 dias após o ocorrido. Além disso, os familiares do menino resistiram em comparecer na delegacia para prestar depoimento. “Ele morava com a mãe e o padrasto. O pai é de Sinop e não conseguimos localizá-lo”. Disse Delegado.

Diante disso, foi desencadeada uma operação integrada entre as forças de segurança pública, com auxílio do cão farejador Luke do corpo de bombeiros de Sorriso, helicóptero do Centro integrado de operações aéreas (Ciopaer), Polícia Militar, e Polícia Civil. Foram realizadas buscas por toda região mais até o momento não foi possível localizar o paradeiro de Claudemir Ramos Quintino, de 10 anos.

Delegado Nilson Farias informou que como a cidade onde o menino sumiu conta apenas com 3 investigadores, a investigação fica de responsabilidade da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Sorriso (420 km ao norte).

Familiares do menino desaparecido estão fazendo apelo, através das redes sociais, no intuito de obter informações do paradeiro do menino. A família está confiante que o caso seja solucionado em breve e que o pequeno Claudemir seja encontrado com vida.

Fonte: Site JK Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here