Cerca de 40 odontólogos que atuam na rede de saúde pública estiveram reunidos hoje (26) para discutir os protocolos de atendimentos e agendamentos encaminhamentos; isso é, pessoas que inicialmente são atendidas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a partir disso são encaminhadas para atendimento no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Maria Lourdes de Lima. Além disso, também estiveram na pauta o Programa Saúde na Escola (PSE) e os indicadores do programa Previne Brasil. As informações são da coordenadora do CEO, Luciana Bussolaro.

Luciana explica que mensalmente o CEO atende cerca de 800 pacientes com uma média de 1.800 procedimentos realizados/mês. Só no CEO são dez profissionais atendendo diariamente, de segunda a sexta. “Todos esses pacientes passam antes pela avaliação dos odontólogos que atuam nas UBSs”, explica. Conforme a coordenadora o espaço conta com cinco consultórios em que são ofertados tratamentos de odontopediatria, endodontia (canal), próteses, periodontia (problemas e alterações na gengiva), procedimentos cirúrgicos, e atendimento a pacientes especiais.

“Também discutimos o PSE. Devido à pandemia não estamos atuando diretamente nas escolas; porém elaboramos um material que será disponibilizado aos pais por meio dos grupos de WhatsApp das escolas orientando sobre a importância da escovação e vamos realizar a entrega de escovas dentais nas unidades escolares do Município”, detalha.

Já em relação ao Previne Brasil, Luciana explica que o programa é voltado à saúde bucal de gestantes. “Assim que uma gestante inicia o pré-natal na rede pública, ela automaticamente também é agendada para os cuidados da saúde bucal; então discutimos procedimentos e metas desse programa”, enfatiza.

Segundo Luciana a área de odontologia requer aperfeiçoamento constante. “Estamos sempre buscando atualizações para ofertar o melhor ao paciente”, finaliza.

Da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here