A inclusão da disciplina de educação financeira na grade curricular das escolas da rede municipal de ensino, sugerida pela Câmara de Sorriso, foi discutida em reunião nesta quarta-feira (28.04).

Encabeçada pelo vereador Iago Mella (Podemos), autor da indicação, o encontro contou com a presença da secretária de Educação, Lucia Dreschler, acompanhada de sua equipe, dos vereadores Acacio Ambrosini (Patriota) e Zé da Pantanal (MDB) e do professor de educação financeira Costa Júnior.

O palestrante explicou a forma como a temática tem sido abordada nas escolas e como o Município de Sorriso poderia implantar a disciplina de forma eficaz por meio de parcerias.  “Precisamos entender que saber lidar com dinheiro deve fazer parte do comportamento do indivíduo, e não apenas saber  elaborar planilhas  e cálculos”, completou.

Segundo ele, a educação financeira nas escolas faz surgir adultos responsáveis, já que são nelas que as pessoas são educadas e recebem instruções que serão importantes para que possam conviver em sociedade. “Com as aulas de educação financeira nas escolas espera-se desenvolver a autonomia da criança e ajudá-la a decidir o que fazer com o dinheiro que passará pelas suas mãos”, completou.

Na opinião de Iago,  é preciso estimular e mostrar aos alunos a importância de se  pensar no futuro. “A educação financeira é importante para todos, já que melhora a relação com o dinheiro e serve para auxiliar a controlar os ganhos e os gastos racionalmente”, frisou.

A secretária elogiou a iniciativa parlamentar e informou que o assunto deverá ser amplamente discutido para que a educação financeira seja implantada de forma definitiva nas escolas. “Entendemos que investir na formação de nossas crianças é investir no futuro, pois estaremos disponibilizando aos alunos ferramentas para que eles possam perceber que podem  ter uma vida melhor e a possibilidade de se planejar financeiramente”, finalizou.

Da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here