Até o dia 4 de julho, 173.440 casos de Síndrome Gripal foram confirmados para a Covid-19 em profissionais da área da saúde de todo o país, segundo o Governo Federal. Em Sorriso, 149 profissionais da rede pública de saúde precisaram ser afastados das unidades de saúde por confirmação ou suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

Conforme apurado pelo Portal Sorriso, em 7 dias, mais 34 profissionais que atuam no Hospital Regional de Sorriso foram afastados em uma semana. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), no momento há 91 trabalhadores afastados do HRS, sendo que 43 estão diagnosticados com a Covid-19. O restante aguarda o resultado do exame.

Até a semana passada, conforme o Portal Sorriso noticiou, eram 57 profissionais da saúde do HRS que precisaram entrar em quarentena.

Quanto aos profissionais de saúde que atuam no Hospital de Campanha e nas demais unidades de saúde da rede pública de Sorriso, 58 trabalhadores – 3 a mais nas últimas 24 horas – estão afastados em decorrência da doença, dos quais alguns já tiveram confirmação de contaminação enquanto outros estão de atestado em quarentena até que receba o resultado de exame.

Fechamento de USFs

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Luís Fábio Marchioro, devido ao número de profissionais afastados e da dificuldade de contratação, serão fechadas algumas Unidades de Saúde da Família (USF), como a do Assentamento Jonas Pinheiro, a do Caravágio, e dos bairros União e o Nova Integração.

“Faremos isso para termos equipes de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem atendendo no combate ao coronavírus para que as pessoas tenham atendimento. Estamos com as equipes no limite do Hospital Regional, hospital particular, Hospital de Campanha e UPA. Os que revezam são os mesmos médicos. Se faltar um médico para um, vai faltar para todos. Enfermeiros também dão baixa”, disse Marchioro.

Unidades para atender suspeitos de Covid-19

Os sorrisenses com sintomas gripais ou suspeita de Covid-19 também receberão atendimento nas unidades dos bairros São Mateus e Jardim Carolina, segundo o secretário. O atendimento iniciará a partir de segunda-feira, das 7h às 13h.

“O nosso planejamento visa abrir mais uma dessas unidades na região do Rota do Sol, mas não temos médicos e enfermeiros para isso. Estamos tentando contratar a quantidade necessária”.

Autor: Portal Sorriso MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here