As emendas impositivas, repassadas pelo governo do estado para projetos indicados pelos parlamentares, são forma de fazer justiça com setores e regiões negligenciados pelo poder público, segundo o deputado Xuxu Dal Molin (PSC).

“É uma maneira de fazer justiça. Um exemplo: moro em Sorriso. Lá temos o Hospital Regional que era referência no estado e está há 30 anos sem uma reforma. Certamente eu que defendo a saúde pública vou colocar dinheiro nesse hospital”, explicou.

Em sessão ordinária, na terça-feira (2), os deputados derrubaram por 18 votos a 2 o veto do governo para pagamento das emendas impositivas.

A verba é obrigatória. Portanto, a indicação feita pelos deputados em comum acordo com o governo do estado faz com que o recurso chegue diretamente à área destinada.

O orçamento do estado prevê R$ 132 milhões de emendas impositivas. Uma média de R$ 5 milhões para cada deputado.

“Esse dinheiro é justo desde que bem aplicado e que o governo não fique só na promessa de pagar. Temos que levar esse dinheiro para onde precisa e é o deputado que ouve a cobrança, as reivindicações da população”, afirmou.

Fonte: Folha Max

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here